domingo, 13 de fevereiro de 2011

Para ser sincero...



este silencio, a diplomacia sempre me incomodaram. Eu gosto das palavras, do sentimento e deixar que o tempo se encarregue do que tem que acontecer. Não consigo enganar e desviar meus pensamentos, me desculpa, mas dar vazão ao meu coração sempre o meu forte. Prefiro não engolir as letras, nem a dor e o amor, pois quando perco estas oportunidades de me declarar é como se fosse um dia a mais sem viver.