segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Tá na hora



Chega um momento em que temos que amadurecer pensamentos, sentimentos, até mesmo os arrependimentos, pois o tempo vai passando e as lembranças começam a transbordar. Que pena. Chega um momento que temos que dar um basta. Que dor.

Partiu

Parti. Voltei para onde, talvez, eu nunca deveria ter saido. Partido. No caminho ficaram os pedaços de nossas histórias. Partiu. A dor eu levo comigo dentro da bagagem, do coração, das lembranças. Parti. Mas quero que saibas de uma coisa: só preciso que me olhes novamente, pegarei minhas malas e voltarei para tu, para nunca mais partir.

sábado, 29 de janeiro de 2011

Melody

E quando a noite calar eu vou deixar soar a voz do Sinatra e abrirei um vinho. Olharei para ti, brindaremos ao amor e sonharemos abraçados ao ritmo do coração. No compasso da melodia terei comigo o seu cheiro, seu toque, sua presença. A cada passo eu terei certeza que o tempo foi feito para nós e saberei o tanto que a vida nos queria por perto.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

O tempo, o vento e a alma



Se neste momento seu coração aperta e eleva a alma para uma plataforma que você jamais esteve: espere, respire. Vai passar. Aliás tudo passa.
Na verdade, uma hora ou outra tudo que você viveu não vai mais existir.O problema são as dores, as cores, as emoções que ficaram e marcaram as lembranças do momento. Mas para isso vem o tempo, o vento, e de um jeito a vida vai mostrar o quanto crescemos, amadurecemos, pois tudo acontece porque vivemos, nos apaixonamos, choramos, sorrimos e passamos por lugares, pelas pessoas, pelos objetos que são atores coadjuvantes de nossa vida ou, quando menos esperamos, são mocinhos/mocinhas da nossa cena.
Se neste momento seu coração aperta e eleva a alma para uma plataforma que você jamais esteve: espere, respire. E se alegre, pois você está simplesmente vivo.

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Paralelos



Naquela noite eu olhava para tudo, mas o nada estava ao meu redor; olhei para todos, mas não enchergava as pessoas. A música ecoava em meus ouvidos como um grito dentro de uma gruta abandonada. O suor entre as quatro paredes me tomavam por inteiro no meio da multidão em sincronia com as cores e os movimentos. Olhava para o teto rústico e enxergava o infinito. Esta deveria ser uma noite daquelas que começam e terminam naquele momento. Deveria, mas não foi.
Diante do nada e do ninguém existia uma tração que me puxava para uma determinada direção. A música, o suor, os movimentos se perderam entre as quatro paredes. Parei no tempo, olhei o caminho aberto diante de mim e segui. A cada passo era uma batida dentro do peito, de um jeito diferente e inerente. Minhas pegadas eram pesadas e avassaladoras e o olhar seguia para um determinado ponto feito bússola. Em questão de segundos avistei o relance do seu olhar. Pensei que você era alguém que conhecia há tempos, mas não era.
O olhar miúdo era encantador e completava o rabisco dos lábios. O nariz afilado parecia ter sido esculpido como uma obra de arte. Sua pele branca e delicada se perdia entre as cores e o calor daquele lugar. E quando menos esperei estava diante de ti. Daí por diante nossos rostos se encontram na velocidade do ritmo, a música se misturava com nossos dizeres e risos, as pessoas nos empurram mesmo suadas. Mas para mim nada acontecia além de ti. Pois eu precisava esquecer o mundo lá fora para lembrar daquele que existe dentro de mim e que necessita ser feliz.

Para nós...

''O que interessa mesmo não são as noites em si, são os sonhos. Sonhos que o homem sonha sempre. Em todos os lugares, em todas as épocas do ano, dormindo ou acordado''.

Shakespeare

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

E eu te digo que...

um amor de verão você nunca será, pois as estações irão passar, mas você permanecerá eternizado em minhas lembranças.

domingo, 23 de janeiro de 2011

Meus dias

"E a coisa mais divina que há no mundo é viver cada segundo como nunca mais..."

Vinícius de Morais

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Fantasmas



E olha, que ao certo eu não te vejo, mas posso te sentir por perto imaginando que este ou aquele seria o momento que mais precisaria de ti. Porque a sua ausência torna-se presente ao meu lado e me traz recordações.
Se eu disser que jamais te esquecerei estaria mentindo, mas não te desejo mais como um dia tanto te quis. Porque minhas palavras parecem terem sido em vão e os nossos momentos foram guardados e trancados a sete chaves. E hoje você vive o começo com um outro alguém, e eu dou fim à nossa história sozinho.
Jamais direi que fui traido ou trocado, pois deste mal eu não sofri, mas muito pior: você fingiu esquecer que um dia nós eramos um e tínhamos planos. Que bobo. Que pena. Mas tudo is over , e nem uma amizade você conseguiu restar. Que bobo. Que pena.

SMS 02

Mensagem A: A vida é a melhor parte da vida. Te adoro !




.

SMS 01

Mensagem A: Hoje eu estou com muita saudade...ta bem dolorido. Queria chegar em casa e ter alguém para colocar a dormir no peito e fazer carinho. Faz parte. Beijo

Mensagem B: Não fique assim. Sabe, o tempo parece curto perto das horas que desejamos ter de felicidade. Infelizmente nem tudo é para sempre, mas graças a Deus temos um coração que se alimenta dos melhores momentos de nossa vida, dos nossos melhores amores, dos sorrisos mais bobos e das conversas contando casos, e assim tudo se eterniza em nossa vida. Aproveite cada segundo que te cerca para ser feliz. Beijão enorme, fica bem, te vejo mais tarde...

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

De Tão Tão Distante








(não) Era uma vez, (mas sim duas), em que encontro uma distância inacabável, em um momento brilhante e durante o calor do verão. Pois por todos os sentimentos mais calorosos que já vivi, o calor da estação consegue fazer com que tudo exploda dentro de mim e faz com que eu perca o controle dos sentidos.

Na Terra Tão Tão Distante eu fui bem capaz de conhecer uma pessoa e nos entreolhares descobri a pureza do sentimento em meu coração. Como posso me deixar levar pela emoção como corre a água pelo rio? É simples, pois da forma que a represa nunca vai parar, o nosso coração sempre estará a bater. Mas há quem diga que o homem tudo pode, mas eu não digo. Eu não quero. Pois o sentimento é bom, é saudável, faz bem para pele, e o melhor: é só amor.

Sentimento burguês



Se eu te disser que o dinheiro não me traz felicidade, por pura vaidade, eu estaria mentindo. Se eu disser também que a vida quando me cerca por bairros luxuosos e roupas de grifes não me trazem sorrisos e me colocam em outro estágio de vida, seria hipocrisia. Mas a verdade é que o tudo me faz falta quando mais preciso. As coisas passam por mim como a brisa, o dinheiro paga e não me deixa dívidas. Mas a vida me retoma para um estado de solidão quando penso em tudo e em todos. E eu mentiria para você se dissesse que o amor não me faz falta. Porque quando paro no parque e olho que ao meu redor tudo está em plena normalidade, sinto que existe uma força em falta dentro de mim. E o amor, que há tanto tempo me diz o que é belo, não aparece como um sorvete no verão, mas como um sopro no inverno. O amor, que até então só me ensinou como escrever palavras belas, ainda não me trouxe alguém para sentir, soltar gargalhadas eternas, despertar luxo da vaidade e as bobagens de um sentimento sem limites.