sábado, 15 de outubro de 2011

Para a ignorância da humanidade, mostro-lhes a minha indiferença.

(Pensamento que veio à mente em uma manhã muito ensolarada durante uma caminhada na Praia da Costa -ES)