quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Brilho divino

Eu gosto do balanço do mar, do verde da floresta, do vento que me leva, da luz do seu olhar.
Eu gosto de escutar pássaros, correr dos urgidos , em meio ao perigo, e no fim te abraçar.
Quero poder ter a certeza que estarei sempre livre do mal qualquer que exista, para
te ter em vista quando o sol se apagar
Porque você será minha guia, será minha luz, nessas noites frias e sombrias, você será a minha companhia.
Quero ter a certeza que durmirei dentre seus braços, olhando nos seus olhos, sentindo seus beijos
E quando o dia amanhecer confundir-me com a luz do sol no brilho do seu olhar.

Um comentário:

  1. si-nes-té-si-co!
    quando eu comecei a ler parece que eu entrei num barquinho numa agua verde e ia passando pelas paisagens, o sol ia mudando de lugar. huuum

    ResponderExcluir