quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

A Corrida pelos bilhetes

Neste fim de semana saiu uma nota no site O Globo sobre a perda da hegemonia do filme Avatar nas bilheterias norte-americanas. Ele falam sobre o lançamento do filme Dear John que estreou na sexta- feira (05) nos Estados Unidos e no Canadá e, de acordo com o site, arrecadou US$ 32,4 milhões em três dias, enquanto a ficção imaginária ambientada em Pandora US$ 23,6 milhões.

Tudo bem, os números são impressionantes, mas temos que ir de encontro aos fatos.

Avatar



A princípio Avatar já teria começado com o pé esquerdo: o fato de ser lançado nos cinemas no mês de dezembro. Aliás, o que faria as pessoas pararem suas férias e se dirigirem as telinhas para assistir um filme? Talvez um que tratasse sobre o futuro da vida humana, que acontecesse no ano de 2154, o qual mostrasse a descoberta de um outro mundo habitado por outros seres (uma dúvida que carregamos conosco há séculos sobre a hegemonia do seres humanos em todo o universo). Talvez um filme que trouxesse uma provável realidade futura do nosso planeta que seria buscar recursos naturais em outros lugares pela falta desses no nosso. Ops! Encontramos essas discussões em Avatar, mero filme? Não acho.Ele traz algumas discussões atuais, porém muitos espectadores se deslumbram tanto com a fantasia, cores e o 3D, que se esquecem de enxergar o filme. Um ponto que gostaria de colocar é sobre o erro de acharmos que o filme trata-se simplesmente de ficção científica, quando na verdade o motivo que faz com que os humanos explorem Pandora é totalmente econômico, pois lá eles encontram o unobtanium, uma substância supercondutora ultravaliosa. Além de tudo isso, o filme é uma super produção super bem estudada durante 10 anos, super bem produzida nos pequenos detalhes, e o melhor: não precisou se apoiar em nenhuma estrela hollywoodyana para fazer sucesso, aliás, além da Sigourney Weaver, o elenco é formado por atores pouco conhecidos.

Dear John


Mas para tudo existe um porém. Na medida que a superprodução traz toda essa idéia futurista e a tecnologia 3D, ela infelizmente não mostra o presente e faz com que as pessoas assistam ao filme e pensem no futura...bem futura... para daqui a 144 anos, e é contra esse ponto que Dear John focou e com isso lotou os cinemas americanos no fim de semana.
O filme ainda não chegou ao Brasil, e está previsto para 16 de Abril, mas para não ficarmos tão curiosos podemos assistir ao trailer e, infelizmente, por enquanto temos que tirar algumas conclusões precipitadas.
Pelo pouco que vi e pouco que li, o diretor sueco Lasse Hallstrom (de Chocolate - sou apaixonado por esse filme- e Regras da Vida), traz uma arma muito forte consigo nesse filme: a realidade. O longa traz um momento de guerra e amor, mas não durante a Segunda Guerra Mundial ou durante As Cruzadas, mas sim sobre um fato recente e que, com certeza, chocou muitos e mudou a vida de muitas pessoas ainda hoje vivas, que foi o ataque de 11 de setembro. Para mim, a princípio, esse é o único ponto forte do filme, abalar os corações dos americanos, como também aconteceu com Tropa de Elite aqui no Brasil, aliás é um filme que mostra uma realiddade vivida no Rio de Janeiro e que nos choca. No resto, o mais novo sucesso norte-americano, para mim, não passa de um romance água com açúcar, traz um soldado americano apaixonado por uma garota de colégio conservador e, durante a época de ataques, os dois vivem um romance a distância, ou seja: no final ou eles ficam juntos ou ele morre, um pouco previsível.
Vamos ver quando o filme chegar ao Brasil, de repente o enredo seja algo que realmente nos fascine, mas por enquanto ainda fico com o drink azul Na`vi, deixo a água com açucar para depois, se eu sair chorando aos prantos do cinema.

2 comentários:

  1. Acredito que 'Avatar' já cumpriu sua missão. São mais de 2 bilhões de dólares acumulados pelo mundo. Passou uma mensagem bem interessante, que pra mim serviu como um tapa na cara.

    Qualquer filme agora iria ultrapassar Avatar. Eles mesmo já superou o recorde de 'O sexto Sentido' com mais de 5 semanas em primeiro lugar, então não tem o que discutir. É um feito grandioso e pra poucos. Tirando o fato que arrecadar 23 milhões depois de tanto tempo em cartaz tb é bastante coisa! Lembrando também que foiindicado a 9 oscars. Ou seja, assim como titanic conseguiu, se o filme ganhar e vai ganhar, ainda veremos Avatar entre os 10 mais vistos no mundo por um bom tempo!

    E sinceramente? Esse ator do romance me dá sono. Ele é péssimo. Fez Ela dança, eu danço e se mostrou bastante limitado. Então já me deixa com um pé atrás. Mas vamos aguardar. Essa semana agora 3 grandes produções vão estreiar: O Lobisomem, Idas e Vindas do Amor Valentines Day e PERCY JACKSON. Então Avatar vai cair mais, mas continuará faturando alto.

    ResponderExcluir
  2. Avatar: colonização da América! Achei o filme muito bom.

    Ahh... como vc ja tem meu blog add???
    ;D

    ResponderExcluir