sábado, 29 de janeiro de 2011

Melody

E quando a noite calar eu vou deixar soar a voz do Sinatra e abrirei um vinho. Olharei para ti, brindaremos ao amor e sonharemos abraçados ao ritmo do coração. No compasso da melodia terei comigo o seu cheiro, seu toque, sua presença. A cada passo eu terei certeza que o tempo foi feito para nós e saberei o tanto que a vida nos queria por perto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário