quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Minha primeira página




Passaram-se 2 horas que estava deitado. Com as mãos enterradas na areia sentia a energia da natureza. Olhava para o céu e avistava levemente Deus movendo as nuvens. O sol brilhava cada vez mais intenso, como se estivesse sorrindo para mim. O barulho do mar soava em meus ouvidos como uma sinfonia guiada pelos seus movimentos. A cada minuto sentia o passado, os pecados e a vida passarem. Me permitir deixa-los ir, como muitas coisas que deixei para trás. Agora sinto-me renovado, pronto para viver tudo mais uma vez. Quero que minhas páginas em branco contem novas histórias, tragam mais sorrisos, lágrimas, amigos, amor e muita vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário